22 de dezembro de 2010

Serenidade.


- Serenidade. Pedi a Deus baixinho. Do jeitinho que diz a oração. Pra enfrentar as coisas que posso mudar, pra suportar as que não posso, e pra saber discernir umas das outras. (...) Serenidade pra escolher o que quero do futuro imediato que está bem ali. Serenidade pro meu coração, pra amar incansavelmente a quem merecer, e pra deixar que o tempo afaste os que não pertecem a esse grupo. Serenidade pra enfrentar os dias dificeis, e sorrir. Pois como meu pai me disse uma vez, são os dias dificeis que nos levam de um dia feliz a outro. Serenidade pra mudar o que preciso e jamais perder a essência. Serenidade pra ver alguém partir, sem que leve junto um pedaço meu. Serenidade...

Um comentário:

Wellington Magalhães disse...

essa oração é tão linda, e a explicação saiu perfeita!