13 de janeiro de 2009



E a vida acaba simplificando as coisas,
não tenho mais idade pra morrer de amores.
Quero as coisas simples, sólidas, porque não?
Morrer de amor tá fora moda,
vá lá que fazia o maior sucesso na época do Lord Byron,
Romeu e Julieta..
ah, Tudo lindo, mas pra ser lido e devolvido pra estante.
Morrer de amor não tá com nada,
caía bem nos meus 13 anos, não mais.
Hoje preferimos as histórias reais, simplificadas,
sem promessas que nunca serão cumpridas.
Prefiro amor construído dia-a-dia,
amor plantado com a raiz de um carvalho.
Amor que acalma, que faz sorrir por nada,
sem precisar do impossível pra torná-lo maior, eterno.
Prefiro amor de mãos, olhos, pernas e beijos que não se acabam mais.
Porque a eternidade cabe dentro do nosso coração.


[...]


Publicado no Recanto das Letras em 03/08/2009
Código do texto: T1733740
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original
(Citar a autoria de Janaína S. e o blog http://maiisum.blogspot.com/)
.
Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Você não pode criar obras derivadas.


15 comentários:

Berkmis Viana disse...

"Porque a eternidade cabe dentro do nosso coração."

Digo mais

"Cabe, sempre caberá, enquanto nosso amor sempre existir..."

Lindo texto..

TE amo.

mariah disse...

é verdade mas admito que pensando ..no HOJE.. estar cm alguem ja eh uma prova de amor, estar msmo de corpo e alma. porque é tao raro nos tempos de agora.. que chega a valer pelas provas antigas de amor em ke so se estava cm alguem beijava tocava... e etc.. com akele ke pelo resto da vida deveria estar ao seu lado. tem sido tao vulgarizado esse amor..tao em vão pelas pessoas que.. já n existem provas de amor cmo antigamente e ja n existem amores cmo antigamente.

fee disse...

Adoro os carvalhos. Os maiores e os mais velhos... assim como o amor que eu quero construir dia após dia, com ele.

É. Pra que morrer, se é mais legal viver de amor??!!! rs

Beijo, flor.

Betânia Lisboa disse...

Olá linda Janaina tudo bem?
Belo espaço.
Um grande abraço e feliz 2009.

R.Vinicius disse...

Janaína que belo. Bonito. Gostei do seu post. Talvez estejas certa. Romeu & Julieta somente nos tempos antigos.

Abraço,

R.Vinicius

Glau Ribeiro disse...

Uma das coisas mais lindas que li aqui até hoje, Jana. Também prefiro. Cansei dos príncipes virando sapo. Deixo-os para a adolescência que já passou.

"[...]Quero as coisas simples, sólidas, porque não?"

Porque não? =D

Beeeeeijo, trenzim fofo!

Gosto cada vez mais. De tudo!

Ella... disse...

Morrer de amores... Esse quê de Vinícius que dá um charme a vida. Mas só pessoas como ele não cansam. Não cansam de desapontamentos, dos grandes amores que tornam amizade; ternura. E cabem somente numa música. Nada mais.

Lindo,Jana! ^^ bjo

Pequena Poetiza disse...

que bonito isso moça
então que vivemos por amor
vivemos pra fazer dele verdade e realidade
vivamos ele de carne e osso

adorei aqui

beijos

IdéiAs nO LiqUidiFicaDor!!! disse...

Passamos aki para conhecer seu blog...
Vc escreve muito bem!

E sobre o amor, como Vinícius já disse: 'Que seja eterno enquento dure'

Bjs

Késia Maximiano disse...

Vivendo de amor e resolveu sumir né, moça??
Saudades das tuas palavras, amore... Volta logo, pq eu te tenho todo dia na faculdade, mas os seus leitores não... rsrsr

Beijos, e lindo texto..
Vamos SIM viver de amor!!!!

Adoro vc!

Glau Ribeiro disse...

SAUDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAADE!

Manu Maia disse...

Parabésn janaina, tô passando pra conhecer seu blog, e somplesmente me encantei...
Gostei da sua sensibilidade com as palavras.
Lindo texto!

Então que assim seja, vivamos o amor! Que ele viva, e seja eterno dentro do coração.
Beijo.

Ella... disse...

Sumiu, Jana? Sentindo falta de seus textos... Volta!

Bjo.

P.S.: tem selos lá no blog pra ti, tá?

Glau Ribeiro disse...

Eu quero mais palavras aqui!

Vaaaaaaaaaaaai Janaaaaaaaaaaaaa!

=D

Beeeijo, fofura!

Fausto Sotam disse...

O Amor mais simples é aquele que se dá sem nunca pensar em receber, apenas se ama , apenas se respira amor apenas vive-se amorosamente. Texto bonito. Com muita paz e amor...