1 de maio de 2009

a chuva ou algo assim..


A chuva não dava trégua. Uma infinidade de pensamentos iam e vinham, deixando-a inquieta. Olhava a janela, não via sinal algum do sol, nem sequer um raiozinho que pudesse confortá-la. Tentava voltar a dormir. Em vão...
Naquele momento, nada a faria pegar no sono. Olhava pra ele, dormindo imóvel ao seu lado, num sono tão sereno, que ela não conseguia suportar. Mexia-se, revirava-se, o abraçava. E ele continuava a dormir. Ela desistira. Deixara-o enfim dormir, sem maiores perturbações.
Afinal, era só ela quem não tinha sono.
Ligou a TV, ruas alagadas, casas destruídas, pessoas soterradas..
Ela realmente se importava. Mas tinha algo maior, sabe?
Contemplando o egoísmo desligou a TV, ainda inerte. Porque bem no fundo havia algo que a preocupava ainda mais do que a chuva. Era o frio que havia se instalado. Um frio glacial, a deixara imóvel e sem possibilidade de reação.
E isso realmente a preocupava. Porque não há nada mais angustiante do que não saber o que fazer. Ou talvez, o não poder fazer nada.
Era isso que doía, ela não podia fazer nada. E o frio, a chuva, as nuvens fechadas, evidenciavam toda a tempestade que ainda haveria de cair e instalavam um frio ainda maior dentro do seu coração. Porque ela sabia que num barco à vela, o grande feito é sobressair a tempestade. Ela só não sabia se poderia conseguir.



Publicado no Recanto das Letras em 28/05/2009
Código do texto: T1620254

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original

(Citar a autoria de Janaína S. e o blog http://maiisum.blogspot.com/)
.
Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

4 comentários:

Glau Ribeiro disse...

Consegue sim, Jana. A gente é brasileira e não desiste nunca, esqueceu? rs.

Fofuraaa, força na peruca porque a tempestade passa. O vento forte vai embora e leva com ele tudo que não deve ficar. Acalma teu coraçãozinho. Porque tudo vai ficar bem, assim que o sol se abrir novamente. =)

Tô aqui, segurando tua mão!

Bejo!

Drika disse...

A tempestade nem sempre é um mal sinal. Lembre-se sempre que quando conseguimos passar por ela (e vc sempre consegue) tudo fica melhor ^^

||
*

mariah disse...

QUE Máximo! escrevendo cmo sempre lindo neh jana!!!

se isso fizer parte da sua realidade.. eh bom pensar ke começar.. tomar iniciativa.. e dar a cara a tapa eh sempre dificil.. mas depois passa. e agnte se sente aliviada por ter tomado as desições ke keria e ai pensa " agora ja passou .. eu consegui "

=)

Sophia Vieira disse...

ah, ela consegue sobressair sim! o/

linkei seu blog lá! ;)
bjos!