2 de dezembro de 2008



Não quero mais me casar com você!
Isso mesmo, não quero mais nada.
não quero mais a chave do seu apartamento,
e não quero mais suas massagens com má vontade,
não quero mais fazer nada com você o dia todo no domingo,
nem quero mais suas lasanhas compradas prontas.
nem quero mais seu feijão,
nem seu pudim de leite delicioso,
não quero mais nada!
não quero mais seus beijinhos no olho,
não quero mais suas ligações de madrugada,
não quero mais comer pizza 5x na mesma semana,
não quero mais dormir de conchinha,
não quero mais te deixar sem graça na frente dos outros,
não quero mais que você me faça 'cosquinhas',
não quero mais que você cuide de mim se fico doente (ou bêbada).
não quero mais implicar com o seu nome que ninguém acerta,
não quero mais nada!
não quero mais todas as coisas que te tornam único
e cada vez mais especial.
não quero mais nada que me faça te amar ainda mais.
Eu quero, quero não querer mais nada disso.
Mas eu quero, e quero cada dia mais.
Quero cada expressão do seu sorriso,
e cada nota do som da sua voz...
Quero cada pedacinho de você,
cada letra do seu nome que repito em voz baixa antes de dormir:
- Te amo tanto, Dorme com os anjos!




P.S.: o que era uma briga/birra, acabou virando uma declaração.
É que eu amo tanto, que nem sei onde cabe mais.

10 comentários:

Ray disse...

Eu tbm nunca quero, mas sempre quero mais, prq ela é tudo o que eu ñ deveria querer, mas sempre é o que eu preciso e o que me completa.
Amores são únicos, nesse mundo tão solitário ter alguém pra chamar de seu é ser privilegiado. Conservem isso, mesmo nas horas em que a vontade de jogar tudo pro alta seja intensa... ela sempre passa.

Namastê,

Christi Xavier disse...

Um barato isso ! rs
é assim mesmo, quando se ama e quando se briga, é fogo que acende é fogo de palha.
no final o eu te amo fala mais alto.

Bjs querida, um ótimo dia pra ti
Chris

Flávia disse...

Meninaaaa... tb postei sobre isso, de não querer querendo... a gente tenta se convencer de que não quer para, no minuto seguinte, estar lá desejando e amando em dobro...

Adorei.

Beijos!

Fee disse...

Beijinho no olho é o melhor beijinho do mundo.

Tomara que vc fique gorda de amor!

Eu te adicionei, mas ainda não tive tempo para ficar online. Quero falar com vc, tricotar um pouco e vem quem ama mais (rs).

Eu te dei um selinho (acho que é assim mesmo que chamam).

Um beijo :o)

Glau Ribeiro disse...

Ai Deus, que eu fico sem palavras. Já notei que a contradição, me apaixona, Jana! Adoro o "quero não querer", "esqueço de te esquecer"... sabe essas coisas? Clichês, pra alguns, mas eu adoro as oposições.

Beijo, linda!

A n i n h a a disse...

aii
que coisa mais doce *-*
lindo demais, nem sei o que falar.

Me deixou suspirando (queria ser assim, porém nunca consegui escrever o amor...)

beiijos lindona.

Ella... disse...

Que essas brigas sejam sempre doces. E que tenham sua função: aumentar ainda mais o que se sente pelo outro!

Muito bom, Jana!

Bjão. ^^

Janaina disse...

Oooowwwnnnn que coisa mais linda, Jana.
Amei tanto tanto...
Amém.

Anônimo disse...

aah que lindo isso..
e obg pelo comentário, mas a Tati é sempre ótima :]

Fernanda disse...

liiiiiiiiindo demais *-*