6 de outubro de 2008


Era só mais um desses dias em que nem devia ter saído da cama.
Desses dias em que se perde o ônibus,
pega trânsito e chega atrasado.

Dias em que o Professor tá mal comido
e você esqueceu de entregar o trabalho.

Um dia desses em que nem dá vontade de fazer nada.
Desses que dá vontade de acabar bem antes do meio dia.
E que angústia.
Ao meio dia, faltava mais outro meio desse pra que enfim acabasse.
Era mais um desses dias em que você tem raiva do mundo,
e de quem teve a infeliz idéia de te colocar nele.
Era mais um desses dias em que o coração parece bater devagar.
Que as horas não passam nunca, e o ar parece não circular.
Desses dias em que até a vida parece ter preguiça de existir.


"O amanhã cuidará do dia de amanhã."

9 comentários:

Késia Maximiano disse...

Ei, Jana!!!
Ânimo vai!!!

Vai passar...
E que quando dias como esses acabem, você possa tirar as melhores lições dele...

Super beijo, eu adoro vc!!!!


P.S.: Quero sorrisos amanhã na aula viu!!!

Bjão

Luh disse...

TÉDIO.

odeio me sentir assim. e me sinto assim sempre..rs

beijos

Sara disse...

A cada dia basta seu mal. Deixe estar. Amanhã melhora e nem lembramos mais do que passou... A dúvida que fica é: o que será que será do outro dia que virá?
E assim a vida continua... :)
Beijos

disse...

Aii eu também não queria ter saido da cama! =(

DROGA VIU
hahaha

beijos

Ella... disse...

Dia em que o tédio insistiu em chegar, hein?!
Excelente texto!
bjo

Átila Siqueira. disse...

Realmente, parece que tem dias em que o fardo é mais pesado do que se possa carregar, e a vontade é desistir, cair e ficar no chão. A vontade é desistir. Mas depois vem outro dia, e o fardo fica um pouco mais leve, e eu nem sei bem porque, mas nós continuamos a caminhar.

Tem post novo lá no meu blog, passa lá se der.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Fee disse...

Será que tá na água, ou no ar??
Porque a minha semana começou assim. Entediante. No meu caso, acho que o professor tá comendo mal, isso sim. E é primavera... como a gente pode se sentir assim na primavera??

Berkmis Viana disse...

Jana...

Melhoras pra ti...

Mas esse dia, que foi pra vc segunda, pra mim, é hj...

Como sempre, escrevendo muito bem...

Ao contrário de mim, que sinceramente mais nada sou... Os meus versos não são nada... nem vc mesma entende...

Ao contrário dos outros, que sobram sob seus elogios...

TRiste e só.

Xero, eu te amo...

Luiza Lisboa disse...

"Desses dias em que até a vida parece ter preguiça de existir."
Hummmm... acho que entendo isso!

Te achei no blog da Késia, ainda bem!
Voltarei, pode esperar!!! :)