16 de outubro de 2008


"Tenho a impressão que a vida, as coisas foram me levando.
Levando em frente, levando embora,
levando aos trancos, de qualquer jeito.
Sem se importarem se eu não queria mais ir.
Agora olho em volta
e não tenho certeza se gostaria mesmo de estar aqui."


[Pela noite, Caio F. Abreu]


*~*~*~*~*~*


É, eu só queria ter algumas certezas.

4 comentários:

Fee disse...

certeza?
o q é isso?
eu sempre sou movida pelo muito que duvido... "a velha história de pagar pra ver"
tão repetitivo, um vício.

dizem que nossas escolhas é que nos levam até onde estamos, mas eu acho que o ato de não escolher tbm faz isso... eu não sei decidir, to aprendendo agora, eu acho... não tenho certeza.

eu queria poder te dizer uma coisa bem legal, mas não deu!!

rsrsrs... primavera!!

Paulo Augusto Franco disse...

isso é muito bonito apesar de ser exaustivamente realista. hehehe

obrigado pela visita no blog.

Átila Siqueira. disse...

Lindo verso, adorei. Acho muito interessante essa coisa de a vida nos levar por caminhos que nós nem mesmo imaginávamos. Tudo é tão incerto em nossas vidas que isso muitas vezes nos trás angústias. Seria realmente bom ter certeza, embora só possamos ter certeza de que não temos certeza de nada.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Belle disse...

"se gostaria mesmo de estar aqui"...
isso dá uma boa reflexão!!


:*