1 de fevereiro de 2008

Deixando pra trás.

Passei horas pensando se eu um dia seria pra você sequer o mínimo do que você era pra mim.
E com o tempo descobri que não importa o quanto a gente queira, ou o quanto o nosso coração deseje com fé alguma coisa, ou até mesmo alguém.
Nada se move se a vontade parte apenas de um lado (nesse caso, do meu lado).
E no fundo era isso, bem lá no fundo era isso. E eu sabia.
Você não queria, e eu não podia mais ir em frente,
seguir respeitando o seu querer, ou não querer.
Que feria tanto o meu querer.
Me obrigando a partir, deixando pra trás um pedaço,
um rastro do sentimento que você provavelmente não merecia.


[...]

"sempre em frente" foi o conselho que ele me deu
Sem me avisar que iria ficar pra trás."

3 comentários:

Roberta disse...

Pois...
isso me lembra...
Bono de chocolate...
Fanta laranja
Fábio Jr. ao fundo...
lágrimas e sorrisos...não nesa mesma ordem....

"por vc faria isso mil vezes!"
amoti
Tamanduázinha.

Belle disse...

Deixa para trás algumas coisas... mas lá na frente alcança outras bem melhores!

é assim que acontece!!

Te amo!

Rayssa disse...

pois é, já até disse... às vezes a gente só consegue seguir em frente, quando se desapega as coisas que ficam pra trás.. o passado sabe! e isso vai doer!

e a gente as vezes se apega ao passado de besta.. as coisas nunca voltam ao ser como é antes. seguir adiante é única opção.



beijo